Saltar para conteúdo


- - - - -

Google anuncia Android Wear

wearable relogio android wear motorola lg

A Google anunciou, esta quarta-feira, uma primeira versão do Android Wear, uma versão do sistema operativo Android direcionada para dispositivos wearable. Esta primeira versão do sistema está direcionada para um negócio muito em voga atualmente - o dos smartwatches, ou relógios inteligentes.

Com ofertas como o Galaxy Gear ou o Pebble no mercado, capazes de transmitir na perfeição as notificações dos smartphones, tirar fotografias ou até ser usados para fazer chamadas, a Google procurou distanciar-se. O objetivo da empresa californiana foi, então, providenciar, na forma de relógio, o que a empresa faz de melhor: dar ao utilizador a informação de que precisa, no momento em que precisa.

Esse foi, desde o início, o conceito do Google Now, que procura não só ser um assistente de voz, mas um assistente pessoal, que nos informa do que queremos mesmo sem sabermos que o queremos. O que a Google fez, então, nesta primeira fase, foi transportar o Google Now para os relógios, de forma a termos no nosso pulso toda a informação útil à nossa vida sem que precisemos de sacar dos cada vez maiores e mais pesados smartphones.

Imagem colocada


A função mais interessante destes novos smartwatches, e que faz a sua distanciação das outras ofertas no mercado, é a possibilidade de falar com o relógio diretamente, sem fazer qualquer tipo de gesto no ecrã de toque - basta dizer "Ok Google" (como no Moto X da Motorola) para o relógio reagir aos nossos comandos de voz. A partir dos comandos de voz podemos responder a mensagens, fazer perguntas de todos os tipos ou pedir para tocar uma certa música.

Com o Android Wear, a Google procurou também fazer frente ao mercado de dispositivos para desporto, com registo das calorias que queimamos seja a caminhar, a correr, ou a andar de bicicleta, com integração nas nossas apps de fitness favoritas.

Imagem colocada


Além de tudo acima referido, os relógios com Android Wear também fazem o que normalmente se espera de um smartwatch - a transmissão de todas as notificações que recebemos nos telemóveis.

O anúncio ao Android Wear, colocado abaixo, expressa bem todas as possibilidades que uma tecnologia como esta permite - desde o check-in no aeroporto (ao mostrar um QR-Code no relógio) ou a descoberta do nome de uma música que está a tocar no nosso café favorito.

Com as cartas lançadas pela Google, outras empresas de tecnologia suas aliadas já começaram a mostrar os seus produtos, nomeadamente o LG G Watch e o Moto 360, o primeiro smartwatch com um design que lembra um típico relógio.

Imagem colocada

O Moto 360 à esquerda e o LG G Watch à direita


Só o tempo ditará o sucesso, ou não, destes dispositivos. A duração da bateria, por exemplo, terá de ser um assunto muito bem estudado pelos fabricantes; não convém ficar sem relógio enquanto esperamos ansiosamente que chegue a hora de sair do trabalho.



Fonte: Android Blog
Fonte Imagens : The Verge
  • JVS gosta disto


6 Comentários

O motorola 360 está um must-have ;D

    • JVS gosta disto
  • Citar

o ok google open garage está de génio

  • Citar

ou Entrar